A Raça

O Senepol é mundialmente conhecido com o taurino dos trópicos, pois é uma raça taurina adaptada, uma vez que foi formada a partir do cruzamento entre duas raças taurinas (uma europeia e outra africana) e então selecionada sob rígidas condições tropicais de produção.

Vantagens do Senepol:

. Tolerância ao calor: Segundo pesquisas da USP e EMBRAPA, o Senepol é adaptado ao calor e possui temperatura corporal mais baixa que do Zebu.

. Resistência: Menor infestação de ectoparasitas (carrapato e mosca).

. Manejo: Os animais puros e os cruzados não necessitam de manejo diferenciado, são criados a pasto normalmente sem exigências.

. Adaptado: Um taurino rústico e adaptado, sem incidência de câncer de pele e olho, com casco escuro resistente a todo tipo de solo.

O Senepol, entre os bovinos, é um dos que possui a maior quantidade de genes para maciez da carne. Esta característica genética dominante reduz problemas de maciez da carne do zebuíno.

  • Carcaça: Testes realizados pela USP comprovam um rendimento médio de 54%;
  • EGS: Espessura de gordura subcutânea de 5,6mm em média, dados fornecidos pela USP;
  • Área de olho de lombo: Nos cruzamentos com Senepol, 81,8 cm2 em média (USP)/
  • Força do cisalhamento: Avaliação feita pela USP – 2,62 de força, comprovando a maciez da carne;
  • Perda d’água no cozimento: Apenas 12,95%, confirmando a qualidade, sabor e suculência da carne.

Sua descendência europeia e seleção genética na Ilha de St. Croix proporcionaram uma produção de leite muito superior à das outras raças de corte, o que contribui muito com a habilidade materna, característica que transmite diretamente aos filhos puros e cruzados. Existem exemplos de matrizes a pasto que produzem 12 kg/dia de leite.

Não é coincidência que a raça Senepol é umas das que mais crescem no país, cuja evolução é em torno de 40% ao ano. Além disso, os animais possuem muita liquidez no mercado, tanto que 100% dos animais são arrematados por médias relevantes em todos os leilões.

X